Entendendo o WebMatrix – nova ferramenta de desenvolvimento

16 07 2010

Esse post foi copiado e traduzido do blog de Scott Hanselman.
Então me desculpe se a tradução não esta boa.

Na semana passada, Scott publicou vários posts que cobriam algumas tecnologias web que estão sendo lançandas:

IIS Developer Express: Um servidor web leve que é simples de configurar, livre, trabalha com todas as versões do Windows, e é compatível com o IIS 7.5.

SQL Server Compact Edition: Um banco de dados baseado em arquivo leve que é simples de configurar, livre, pode ser incorporado em suas aplicações ASP.NET, suportes de baixo custo, ambientes de hospedagem, e permite que bancos de dados, opcionalmente, seja migrado para o SQL Server.

ASP.NET “Razor”: Uma opção de view-engine nova para ASP.NET que permite um modelo de sintaxe focado no código optimizado em torno de geração de HTML. Você pode usar “Razor” para incorporar facilmente VB ou C # dentro de HTML. A sintaxe é fácil de escrever, simples de aprender, e funciona com qualquer editor de texto.

Os posts de Scott na semana passada cobriu como você vai ser capaz de tirar o máximo proveito destas tecnologias utilizando ferramentas de desenvolvimento web profissional como o Visual Studio 2010 e Visual Web Developer 2010 Express, e como essas tecnologias irão tornar a actual ASP.NET Web Forms e ASP.NET MVC ainda melhor.

Hoje nós estamos anunciando também uma nova ferramenta de desenvolvimento web leve que também integra as tecnologias acima, e torna ainda mais fácil para as pessoas a começar a trabalhar com desenvolvimento web usando ASP.NET. Esta ferramenta é gratuita, prevê a codificação de dados principais e de apoio, integra-se com a galeria de aplicativos web de codigo aberto (open source web application gallery), e inclui suporte para publicar facilmente e implantar sites e aplicações para provedores de hospedagem web.

Estamos chamando esta nova ferramenta WebMatrix, e o primeiro beta preview do que está agora disponível para download.

O que está em WebMatrix?

WebMatrix é um download de 15MB (50MB se você não tem. NET 4 instalado) e é rápido de instalar.

O download de 15MB inclui uma ferramenta de desenvolvimento leve, IIS Express, o SQL Compact Edition, e um conjunto de extensões ASP.NET que lhe permitem construir autônomo páginas ASP.NET usando a nova sintaxe Razor, bem como um conjunto de banco de dados baseado em HTML e Helpers para realizar tarefas comuns na web. WebMatrix podem ser instalados lado a lado com o Visual Studio 2010 e Visual Web Developer Express 2010.

Nota: O suporte a Razor em aplicações ASP.NET MVC não está incluída nesta primeira versão beta do WebMatrix – que, ao contrário, seara mostrado mais tarde este mês em separado, ASP.NET MVC Preview – que também incluem o apoio de ferramentas do Visual Studio para ele.

Começando com WebMatrix

WebMatrix é uma ferramenta de trabalho com foco que é projetado para torná-lo realmente fácil de começar a trabalhar com desenvolvimento web. Ele minimiza o número de conceitos que alguém precisa saber para conseguir fazer coisas simples, e inclui e integra todas as peças necessárias para construir rapidamente Web sites.

Quando você executa WebMatrix começa exibindo uma tela como abaixo. Os três ícones no lado direito fornecem a capacidade de criar novos sites – ou usando uma aplicação open-source existente da galeria de aplicações web, a partir de modelos de sites que contêm algumas páginas padrão, ou você pode começar a partir de uma pasta vazia em disco:

Criar um site usando um aplicativo de código aberto existente na Galeria de Web

Vamos criar um novo site. Em vez de escrever o site inteiramente de nós mesmos, vamos usar o Picasa Web e aproveitar o trabalho que outros já fizeram.

Vamos começar clicando no link “Site da Web Gallery” na tela inicial WebMatrix. Isto irá lançar o UI abaixo – que nos permite navegar na galeria online de aplicativos de código aberto que pode facilmente começar, personalizar e, em seguida, implantar usando WebMatrix. As aplicações dentro da galeria incluem aplicativos ASP.NET e PHP:

Podemos filtrar por categoria (Blog, CMS, eCommerce, etc), ou simplesmente percorrer toda a lista. Para este site, primeiro vamos criar um blog. Vamos construí-lo usando o projeto open source popular BlogEngine.NET:

Quando nós selecionamos BlogEngine.NET e clique em “Next”, WebMatrix vai identificar e fazer download dos componentes necessários que precisam ser instalados na máquina de desenvolvimento local, a fim de executarmos o BlogEngine.NET.

IIS Express está incluído no WebMatrix, então eu já tenho um servidor web (e não precisa fazer nada, a fim de configurá-lo). SQL Compact Edition também está incluído com WebMatrix, então eu também tenho um banco de dados de peso leve (e não precisa fazer nada, a fim de configurá-lo). Como o SQL Compact é novo, a maioria dos projetos na Galeria de Web não oferecem suporte a ele ainda. Esperamos que a maioria dos projetos na Galeria adicione-o como uma opção no futuro. Se um projeto requer o SQL Express ou o MySQL como banco de dados, e você não os tem instalados, eles aparecerão na lista de dependências abaixo e o WebMatrix irá oferecer automaticamente o download, instalar e configurá-los para você.

aplicações PHP na galeria de web (como o WordPress, Drupal, Joomla e SugarCRM – que existem) irá baixar e instalar o PHP e MySQL.

Porque eu já tenho o SQL Express instalado na minha máquina, a única coisa na minha lista de download é BlogEngine.NET :

Quando clico no botão “Aceito”, WebMatrix vai baixar tudo o que precisamos e instalá-lo em sua máquina:

Quando clicamos no botão “OK”, WebMatrix vai abrir nosso novo projeto BlogEngine.NET e exibir uma página de resumo do site para nós:

Este ponto de vista dentro do WebMatrix fornece uma visão geral do projeto, e alguns links rápidos para fazer coisas comuns com ele (veremos mais a frente).

Para começar – nós vamos clicar no botão “Run” na Ribbon bar no topo. Clicando no botão “Run” vai abrir o site usando o navegador padrão que você configurou em seu sistema. Alternativamente, você pode clicar para expandir a lista e escolher qual navegador instalado você deseja executar com o site. Clicando em ” Open in All Browsers ” vão abrir vários navegadores de uma só vez para você:

IIS Express é incluído como parte do WebMatrix – WebMatrix automaticamente o IIS Express para executar o projeto quando ele for aberto dentro da ferramenta (sem etapas ou configuração extra necessária).

Rodando o BlogEngine.NET abrira o navegador e chamara a página padrão para a aplicação (veja abaixo). BlogEngine.NET por padrão abre com uma página inicial que inclui instruções sobre como personalizar o site:

Se você ler o texto ele descreve como a senha Adminsitrator padrão é “admin”/”admin”, e como você pode acessar e personalizar a aparência e o conteúdo do site. Vamos fazer login, em seguida, use a ferramenta de administração online para personalizar algumas das configurações básicas do site (o nome, sobre o autor, etc) e postar dois posts rápidos no blog para começar o site:

A beleza é que eu não tenho que escrever qualquer código (nem ver nenhum código sobre o assunto) e era capaz de conseguir o básico do nosso site acima e funcionando em poucos minutos. Esta experiência é muito consistente com todas as outras aplicações dentro da galeria web. Eles são projetados de tal forma que você pode instalá-los rapidamente usando WebMatrix, executá-los localmente, e depois usar suas ferramentas internas para ajustar administrar e personalizar seus conteúdos fundamentais e estrutura.

Personalizando o código e conteúdo

Agora que você configurou o básico do nosso site de blogs, vamos agora ver como podemos personalizá-la ainda mais. Para fazer isso, vamos voltar para WebMatrix e clique em “Files” na barra de navegação do lado esquerdo da ferramenta:

Isto irá abrir um explorador de arquivos do sistema no lado esquerdo da ferramenta, e nos permitem navegar no site e abrir / editar / adicionar / apagar seus arquivos.

A maioria das aplicações da galeria dão suporte a temas “Themes” e permitem que os desenvolvedores administre / personalize o layout, design e interface do usuário da aplicação. Acima eu naveguei as pastas do BlogEngine.NET ate “themes” pasta e abrir o arquivo site.master para personalizar o layout do tema padrão da master. Poderíamos personalizá-lo, salvar, e depois executar o site novamente para ver nossas mudanças aplicadas (nota: F12 é a tecla de atalho para re-executar o aplicativo).

Implantando um site para um Hoster/Servidor

WebMatrix fornece um leve ambiente de trabalho integrado que permite executar e optimizar sites localmente. Depois que tiver terminado de personalizar, e ter acrescentado algum conteúdo padrão para o banco de dados, vamos querer publicá-lo em um provedor de hospedagem para que outros possam acessar o nosso blog na Internet.

WebMatrix inclui suporte embutido para publicação que torna mais fácil implantar sites e aplicativos na Web em hosters/servidores remotos. WebMatrix suporta o uso de FTP e FTP/SSL, bem como o Microsoft Web Deploy (aka MSDeploy) infra-estrutura para implantar facilmente sites de baixo custo em conta de hospedagem compartilhada, assim como disco virtual dedicado ou provedores de hospedagem dedicado.

Para publicar um site usando WebMatrix, simplesmente expanda o ícone “Publish” no nível inferior da interface do Ribbon:

Quando selecionar a opção “Configure…” vai abrir a interface a seguir, que nos permite configurar o local onde queremos implantar o nosso site:

Se você não tiver um provedor de hospedagem, você pode clicar no link “find web hosting” na parte superior do diálogo Publish para abrir uma lista de provedores de hospedagem disponíveis para escolher:

provedores de hospedagem estão oferecendo planos de hospedagem Windows que incluem ASP.NET SQL Server tão barato quanto $ 3.50/month (e estas ofertas baratas incluem suporte para ASP.NET 4, ASP.NET MVC 2, Deploy Web, o URL Rewrite e outras características) .

O link “find web hosting” desta semana inclui um grupo de provedores de hospedagem, que também estão oferecendo contas gratuitas especial que você pode usar com WebMatrix – permitindo a você experimentá-lo sem nenhum custo (eles também têm a configuração que tudo funcione bem no lado do servidor com WebMatrix e está testando as suas ofertas com as ferramentas de publicação WebMatrix).

Depois de sign-up para um provedor de hospedagem, então você pode escolher entre uma variedade de maneiras de publicar seu site para ele:

FTP e FTP/SSL permitem a você publicar facilmente os arquivos do site local para mais de um servidor remoto.

O ” Web Deploy ” suporta a publicação de ambos os arquivos do seu site e o conteúdo do banco de dados – e é a opção recomendada se seu hoster/servidor suportar implantação. Quando a opção “Web Deploy” é selecionada, WebMatrix listará todos os bancos de dados locais dentro de seu projeto e ira fornecêr a opção de especificar a seqüência de conexão, no provedor de hospedagem remota, onde o banco de dados devem ser implantados para a produção:

Nota: Por padrão BlogEngine.NET usa arquivos XML para armazenar os conteúdos e definições (e não requer um banco de dados). Com o BlogEngine.NET atual na galeria de web você pode apenas passar.

” Data Source=empty;database=empty;uid=empty;pwd=empty ” como a seqüência de conexão do banco de dados remoto para publicar o site sem precisar configurar um banco de dados.

Quando você clica em “Publish”, WebMatrix irá exibir uma prévia das mudanças de implantação:

Nota: Pelo BlogEngine.NET não precisar de um banco de dados vamos manter a caixa de seleção de implantação de banco de dados desmarcada. Se quiser transferir um banco de dados podemos selecioná-lo no assistente de edição e visualização de WebMatrix irá transferir automaticamente os arquivos de site e os dados do banco de dados de esquema para o host remoto, implantar o banco de dados para o servidor de hospedagem, e em seguida, atualizar seu .config alterando a seqüência de conexão para apontar para o local de produção.

Depois clicamos em “Continue” e o WebMatrix irá iniciar o processo de publicação para o nosso site, e após completar o nosso site vai estar acessível na Internet. Nenhum passo adicional é necessário.

Atualizações do site

Além das instalações iniciais, WebMatrix também suporta atualizações incrementais em arquivo posteriormente publicos. Faça uma alteração em um arquivo local, clique no botão Publish novamente, e WebMatrix irá calcular as diferenças entre o seu site local e seus resultados publicados e só transferira os arquivos que foram modificados (note que o banco de dados por omissão não serão redistribuídos para evitar sobrescrever todos os dados do host remoto):

Clicando no botão “Continue” acima transferira o arquivo. Isso faz com que até mesmo grandes atualizações no sites sejam fáceis e rápidas.

Criar um “Custom Web Site” do zero

Eu mostrei como criar um novo site utilizando um aplicativo de código aberto dentro da galeria web. Vamos agora ver como podemos usar alternativamente WebMatrix para fazer o desenvolvimento de um site personalizado.

Os dois ícones mais à direita na tela inicial WebMatrix fornecem uma maneira fácil de criar um novo site que seja baseado em um modelo simples de páginas, ou um site vazio, sem conteúdo:

Vamos clicar no “Site From Template” e criar um novo site baseado em um modelo.Vamos selecionar a opção ” Empty Site ” e passar nome do site que queremos criar com “Firstsite”:

Quando clicamos no botão “ok” WebMatrix irá carregar um site para nós, e exibir uma página de resumo do site que contém links para tarefas comuns:

Vamos clicar no ícone Files na barra de navegação à esquerda ou no link ” Browse your Files ” no meio da tela panorâmica. Selecionando um desses vai nos mostrar o explorador de arquivos. O modelo ” Empty Site ” tem um arquivo nele por padrão – um arquivo chamado Index.cshtml. Podemos dar um duplo clique para abri-lo dentro do editor de texto WebMatrix:

Arquivos com extensão cshtml ou .vbhtml são aqueles que usam o novo modelo de sintaxe “Razor”. Você pode usar o Razor arquivo ou visualizar os arquivos de uma aplicação baseada no ASP.NET MVC, ou, alternativamente, você também pode usá-los como páginas autônomo dentro de um site da Web ASP.NET. Estamos nos referindo a essas páginas como uma simples “ASP.NET Web Pages” – e você pode adicioná-las aos dois novos projectos, bem como, opcionalmente, deixá-las em ASP.NET Web Forms e aplicações ASP.NET MVC.

Porque ASP.NET Web Pages?

ASP.NET Web Pages criadas usando Razor fornecer uma maneira simples,com baixa contagem de conceito, de fazer desenvolvimento web. Muitas pessoas provavelmente iram argumentar que eles não são tão poderosos, nem tem tantos recursos, como ASP.NET Web Forms ou ASP.NET MVC. Isso é verdade – eles não têm tantos recursos, nem são um ricos modelo de programação.

Mas eles são conceitualmente muito fácil de entender, são leves para começar, e fornecem a melhor maneira de aprender programação e começar a entender os princípios do .NET com desenvolvimento VB ou C #. ASP.NET Web Pages também são convenientes para usar quando tudo que você precisa é de scripts de servidor de base de dados e visualização / manipulação de comportamento, e você quer rapidamente colocar em um site.

Construção da nossa primeira página web ASP.NET simples

Vamos construir uma página simples que lista alguns conteúdos que estamos armazenando em um banco de dados.

Se você é um desenvolvedor profissional que passou anos com .NET é provável que você olhe para os passos a seguir e pense – este cenário é tão básico – você precisa compreender muito mais do que apenas isso para construir uma aplicação “real”. E quanto a lógica de negócio encapsulada, as camadas de acesso a dados, ORMs, etc? Bem, se você está construindo uma aplicação crítica de negócio que pretende ser sustentável por muitos anos, então você precisa fazer para compreender e refletir sobre esses cenários.

Imagine, porém, que você está tentando ensinar um amigo ou um de seus filhos como construir sua primeira aplicação simples – e eles são novos para a programação. Variáveis, instruções if, loops, e HTML simples são velhos conceitos que ainda são suscetíveis. Classes e objetos são conceitos que não tenham sequer ouvido falar ainda. Ajudá-los a obter um cenário como abaixo rapidamente (sem a necessidade de dominar os lotes de novos conceitos e medidas) vai tornar muito mais provável que eles sejam bem sucedidos – e espero fazê-los querer continuar a aprender mais.

Uma das coisas que estamos tentando fazer com WebMatrix é atingir um público que poderia eventualmente ser capaz de ser desenvolvedores avançado em VS / .NET – mas que encontram o primeiro passo para aprender hoje muito difícil, e que lutam para começar.

Vamos começar adicionando algum conteúdo HTML da nossa página. Páginas da Web ASP.NET normalmente começam como arquivos apenas HTML. Para este exemplo vamos adicionar uma lista estática para a página:

Assim como com o nosso cenário anterior, IIS Express foi automaticamente configurado para executar o projecto que estamos a editar – e não precisamos configurar o nosso servidor web para executar o nosso site.

Podemos pressionar “F12” ou use o botão “Run” na barra de ferramentas Ribbon para abrir o navegador. Como seria de esperar, isso vai abrir uma página simples e estático do nosso cinema:

Trabalhando com dados

Tudo básico até o momento. Agora vamos converter esta página para usar um banco de dados, e fazer o anúncio dos filmes dinâmicamente em vez de ter que ser apenas uma lista estática.

Criar um banco de dados

Vamos começar clicando na guia “Databases” na barra de navegação do lado esquerdo da WebMatrix. Isso exibira um editor de banco de dados simples:

SQL Server Compact Edition embarcado no WebMatrix – e assim está sempre disponível para uso dentro de projetos. Porque ele pode ser encaixado dentro de um aplicativo, ele também pode ser facilmente copiada e usada em um ambiente remoto de hospedagem (sem implantação extra ou etapas de configuração necessárias – basta publicar o arquivo de banco de dados com FTP ou Web Deploy).

Nota: Além do apoio SQL CE, a ferramenta de base de dados WebMatrix abaixo também funciona como o SQL Express, o SQL Server, bem como com o MySQL.

Podemos criar um novo banco de dados SQL CE clicando no link ” Add a Database to your site ” (quer no centro da tela, ou usando o “New Database” ícone na parte superior do Ribbon). Isto irá adicionar um arquivo de banco de dados “FirstSite.sdf ” em um diretório \App_Data dentro do nosso diretório do aplicativo.

Podemos clique no ícone ” New Table ” na Faixa de Opções para criar uma nova tabela para armazenar dados de nossos filmes. Podemos usar o botão ” New Column ” na Faixa de Opções para adicionar três colunas à tabela – Id, nome e ano.

Nota: para o primeiro beta você tem que usar o editor de propriedade na grade na parte inferior da tela para configurar as colunas – uma experiência mais rica na edição de banco de dados irá aparecer no beta seguinte.

Nós vamos fazer de Id a chave primária, definindo a propriedade “Is Primary key” como true:

Iremos, em seguida, clique em “save” e passar o nome da tabela “Filmes”. Uma vez feito isso vai aparecer sob o nosso nó Tabelas do lado esquerdo a nova tabela.

Em seguida, clique no ícone “Data” na Ribbon para editar os dados na tabela que acabamos de criar e adicionar algumas linhas de dados de filme para ele:

E agora temos um banco de dados, com alguns dados do filme.

Usando nosso banco de dados dentro de uma página da Web ASP.NET

ASP.NET Web Pages pode usar qualquer API NET ou VB / C # recurso de linguagem. Isto significa que você pode usar todo o poder do .NET em qualquer site ou aplicativo construído com ele. WebMatrix também inclui algumas bibliotecas adicionais. NET e helpers que você pode, opcionalmente, aproveitar para tarefas comuns.

Um desses colaboradores é um simples banco de dados API que permite que você escreva código SQL. Vamos usá-la dentro de nossa página para consulta a nossa base de filmes novos e recuperar e exibir todos os filmes dentro dela. Para fazer isto nós vamos voltar para a aba Arquivos no WebMatrix, e adicionar o código abaixo para o nosso arquivo Index.cshtml:

Como você pode ver – que a página é conceitualmente muito simples (e não exige qualquer conhecimento profundo dos conceitos orientados a objeto). Nós temos duas linhas de código no topo do arquivo.

A primeira linha de código abre o banco de dados. Database.Open (a), primeiro olha para ver se há uma seqüência de conexão chamado “Firstsite” em um arquivo web.config – e se isso irá se conectar e usar isso como o banco de dados (nota: agora não temos qualquer arquivo de configuração). Como alternativa, ele procura na pasta \App_Data por um banco de dados SQL Express arquivo chamado “FirstSite.mdf” ou SQL Compact “FirstSite.sdf”. Se encontrar um vai abri-lo. A segunda linha de código executa uma consulta no o banco de dados e recupera todos os filmes dentro dele. Database.Query () retorna uma lista dinâmica – em que cada objeto dinâmico na lista é formada com base na consulta SQL executada.

Temos então um loop foreach dentro de nossa declaração <ul>, que processaa para cada filme da coleção de filmes um elemento <li> com o nome do filme. Porque os filmes são uma coleção de objetos dinâmicos, podemos escrever @movies.Name em vez de ter que escrever filmes [“Nome”].

Quando re-executar a página (ou apenas dar um refresh no navegador) faça um “view source” (opção do navegado de exibir codigo-fonte) do HTML retornado para o cliente, vamos ver o seguinte:

A lista de filmes acima está saindo do nosso banco de dados e é dinâmico.

A adição de uma cláusula de filtro simples

Um último passo que podemos fazer para tornar a nossa aplicação um pouco mais dinâmica é simples, adicionar suporte para filtrar a lista de filmes com base em um parâmetro de querystring que é passado.

Podemos fazê-lo, atualizando o nosso arquivo Index.cshtml com um pouco de código extra:

Acima nós adicionamos uma linha de código para filtrar um ano (parâmetro QueryString do objeto Request). Nós estamos aproveitando de um novo método “AsInt ()”auxiliar de extensão que vem com WebMatrix. Isso retorna o valor como um inteiro, ou se é nula retorna zero. Em seguida, modificamos nossa consulta SELECT para tomar o parâmetro como um argumento. A sintaxe que estamos usando garante que não pode ser atingido com um ataque de injeção SQL.

Finalmente, nós adicionamos uma mensagem de if dentro do nosso
que irá anexar um post (1975) para o
se um filtro de ano é especificado. E agora, quando executar a página novamente, vamos ver todos os filmes por padrão:

E a gente pode opcionalmente passar um ano “querystring parâmetro para mostrar apenas os filmes após essa data:

Outros auxiliares Web úteis

Eu usei a biblioteca auxiliar de banco de dados que vem com WebMatrix no meu exemplo simples de listagem de filme acima.

WebMatrix também vem com outros ajudantes web úteis que você pode aproveitar. Vamos apoiar esses ajudantes não apenas dentro de ASP.NET Web Pages- mas também no ASP.NET MVC e ASP.NET Web Forms. Por exemplo, para inserir um painel Live Search Twitter dentro de sua aplicação, você pode escrever código como abaixo de tweets busca:

Isto irá em seguida, exibir um feed de twitter ao vivo de tweets que mencionam “ScottGu”:

demais úteis built-in ajudantes incluem a integração com o Facebook eo Google Analytics, Criar e Captchas Integrar e Gravitars, executar server-side gráficos dinâmicos (usando as novas capacidades gráfico embutido em ASP.NET 4), e muito mais.

Todos esses ajudantes estarão disponíveis para uso não só no ASP.NET Web Pages, mas também em ASP.NET Web Forms e aplicações ASP.NET MVC.

Fácil Implantação

Uma vez que estamos a construir o nosso site feito sob encomenda, podemos implantá-lo como fizemos com o BlogEngine.NET. Tudo o que precisamos fazer é clicar no botão “Publish” no WebMatrix, selecione um provedor de hospedagem remota e nosso aplicativo simples estará disponível na Internet.

Abrir no Visual Studio

Projetos criados com WebMatrix também pode ser aberto no Visual Studio 2010 e Visual Web Developer 2010 Express (que é gratuito). Essas ferramentas fornecem um conjunto ainda mais rico de recursos para desenvolvimento web, e um ambiente de trabalho mais focado no desenvolvimento profissional. projetos WebMatrix pode ser aberto no Visual Studio simplesmente clicando no botão “Visual Studio” no canto superior direito da interface Ribbon:

Isto irá iniciar o VS 2010 ou Visual Web Developer 2.010 Express, e abri-lo para editar o site atual que está aberto dentro WebMatrix. Nós vamos ter uma atualização para o transporte VS 2010/VWD 2010, no futuro, que adiciona suporte ao sistema e editor do projeto para IIS Express, o SQL CE, e a nova sintaxe Razor.

Como aprender mais

Clique aqui para saber mais sobre WebMatrix. Uma versão beta do WebMatrix agora pode ser baixado aqui.

Você pode ler tutoriais on-line e assistir vídeos sobre WebMatrix visitando o www.asp.net web-site. Atualmente a versão é beta, um preview de um lote desta tecnologia, e assim a documentação e as amostras continuará a ser aperfeiçoado nas próximas semanas e meses. Nós também, obviamente, aperfeiçoar o conjunto de recursos com base no seu feedback e sugestões.

Resumo

IIS Express, o SQL CE e o ASP.NET nova sintaze “Razor” trazem consigo uma tonelada de melhorias e recursos para programadores profissionais usando o Visual Studio, ASP.NET Web Forms e ASP.NET MVC.

Pensamos que o WebMatrix será capaz de tirar vantagem destas tecnologias para facilitar a carga de trabalho de desenvolvimento web simplificada que é útil para além de cenários de desenvolvimento profissional – e que permite que os desenvolvedores aprender e tirar proveito do ASP.NET ainda mais para uma ampla variedade de cenários na web.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: